9.11.2019

visão geral

instituto inhotim, brumadinho/mg

Laura Vinci apresenta no Instituto Inhotim sua obra Máquina do mundo (2005). O trabalho toma seu título emprestado do célebre poema de Carlos Drummond de Andrade (1902-1987). Na imagem de Drummond, a máquina seria uma espécie de essência da sabedoria metafísica do mundo e, assim como o poema, a escultura de Laura Vinci articula essência e artifício. À medida que cumpre seu trabalho, a escultura aproxima-se de seu fim e/ou de seu recomeço, num frágil equilíbrio entre matéria e tempo. A artista tematiza questões ligadas ao tempo, às mudanças e transformações desde os anos 1980 por meio de esculturas e instalações desenvolvidas. 

 

Clique aqui para saber mais.