angelo venosa
sem título , 2012
acrílico
100 x 200 x 80 cm
+

Angelo Venosa (n. 1954, São Paulo, Brasil) vive e trabalha no Rio de Janeiro. Formou-se bacharel em Design Industrial pela Escola Superior de Desenho Industrial em 1974. Em 2007, concluiu pós-doutorado na Escola de Belas Artes da UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro). Na década de 1980, Venosa dedicou-se à prática da escultura, em detrimento da pintura. Neste período, produziu suas primeiras obras tridimensionais. A partir da década de 1990, passou a utilizar materiais como mármore, cera, chumbo e dentes de animais, produzindo obras que lembram estruturas anatômicas, como vértebras e ossos. Em Há? (2009/2013), compôs um exoesqueleto de 3,5 metros sobrepondo camadas de compensado parafusadas e deu início ao processo de modelagem com plasticina. Mais recentemente, Venosa adotou a impressão em 3D e o desenho assistido por computador para criar estruturas e exoesqueletos de compensado e metal que se assemelham a corais. Participou de exposições como a 19ª Bienal de São Paulo (1987), a 45ª Bienal de Veneza (1993) e a 5ª Bienal do Mercosul (2005). Em 2012, o Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro realizou uma grande mostra individual para comemorar os 30 anos de carreira artística de Angelo Venosa. A mostra também foi apresentada na Pinacoteca do Estado de São Paulo, em São Paulo (2013); no Palácio das Artes, em Belo Horizonte (2014); e no MAMAM, em Recife (2014).