angelo venosa
sem título , 2012
acrílico
100 x 200 x 80 cm

Angelo Venosa, juntamente com Daniel Senise (1955- ), Luiz Pizarro (1958- ) e João Magalhães (1945- ), formou o  Ateliê da Lapa entre 1984 e 1990. Nesse período, produziu suas primeiras obras tridimensionais, após ter desenvolvido a técnica da pintura enquanto foi aluno da Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Essa mudança no início de sua trajetória fez com que Venosa seja reconhecido como uma das poucas exceções da chamada “Geração 80” que se dedica exclusivamente à escultura, ao invés da pintura. Como parte de um grupo de artistas que se rebelou contra a tradição do formalismo no Brasil, sua prática baseia-se na mistura de materiais, gêneros e movimentos históricos, resultando em figuras e formas que remetem a estruturas anatômicas, como vértebras e ossos de seres reais e imaginários.

 

Em seu trabalho as relações entre forma e máteria é fundamental. As características dos variados materiais empregados: mármore, cera, metal, vidro, acrílico e dentes de animais, entre outros, são determinantes na construção e percepção do resultado. Os entrelaçamentos entre linhas e volumes sugerem o encontro entre a escultura e o desenho, técnica que também faz parte da prática de Venosa. A estranheza de suas estruturas fundam uma temporalidade ambígua, carregam referências a eras ancestrais e ao futuro distópico. Essa sensação se amplia na tensão entre as formas e materiais orgânicos e inorgânicos apresentados.

 

Angelo Venosa nasceu em São Paulo, em 1954. Atualmente vive e trabalha no Rio de Janeiro. Algumas de suas mostras individuais recentes são: Catilina, no Paço Imperial (2019), no Rio de Janeiro, Brasil; Penumbra, no Memorial Vale (2018), em Belo Horizonte, Brasil, e no Museu Vale, em Vila Velha, Brasil; Marimbondo, para o projeto O Grande Campo, no Oi Futuro Flamengo (2016), no Rio de Janeiro, Brasil; além da retrospectiva Angelo Venosa: Panorama, com itinerância por Museu de Arte Moderna Aloísio Magalhães (MAMAM) (2014), Recife, Brasil; Palácio das Artes (2014), Belo Horizonte, Brasil; Pinacoteca do Estado de São Paulo (2013), São Paulo, Brasil; e Museu de Arte Moderna do Rio de Janeiro (MAM Rio) (2012), Rio de Janeiro, Brasil. Exposições coletivas recentes incluem: Ateliê de gravura: Da tradição à experimentação, na Fundação Iberê Camargo (FIC) (2019), em Porto Alegre, Brasil; Oito décadas de abstração informal 1940-2010: Coleções Museu de Arte Moderna de São Paulo e Instituto Casa Roberto Marinho, no Instituto Casa Roberto Marinho (2018), no Rio de Janeiro, Brasil, e no Museu de Arte Moderna de São Paulo (MAM-SP) (2018), em São Paulo, Brasil; Bestiário, no Centro Cultural São Paulo (CCSP) (2017), em São Paulo, Brasil; e Em polvorosa – Um panorama das coleções do MAM Rio, no Museu de Arte de Moderna do Rio de Janeiro (MAM Rio) (2016), no Rio de Janeiro, Brasil. Seus trabalhos fazem parte de importantes coleções institucionais, como: Colección Patricia Phelps de Cisneros (CPPC), Caracas, Venezuela; Instituto Itaú Cultural, São Paulo, Brasil; Museo Nacional Centro de Arte Reina Sofía (MNCARS), Madri, Espanha; Museu de Arte do Rio (MAR), Rio de Janeiro, Brasil; Pinacoteca do Estado de São Paulo, São Paulo, Brasil; entre outros.

Notícias

Press

  • museu do açude ganha três novas instalações permanentes Download

    museu do açude ganha três novas instalações permanentes

    maurício peixoto, o globo 1.9.2016
  • forma analógica e digital Download

    forma analógica e digital

    julia flamingo, veja são paulo 2.3.2016
  • escultor angelo venosa supreende em exposição com pequenos objetos Download

    escultor angelo venosa supreende em exposição com pequenos objetos

    antonio gonçalves filho, o estado de s. paulo 29.2.2016
  • venosa e seu mundo em pequeno formato Download

    venosa e seu mundo em pequeno formato

    antonio gonçalves filho, o estado de s. paulo 29.2.2016
  • em exposição, angelo venosa exibe obras entre a ordem e a desordem Download

    em exposição, angelo venosa exibe obras entre a ordem e a desordem

    nina rahe, guia folha 16.2.2016
  • angelo venosa expõe no mamam Download

    angelo venosa expõe no mamam

    revista sim! 30.9.2014
  • trajetória de 30 anos: a desordem e a síntese de venosa Download

    trajetória de 30 anos: a desordem e a síntese de venosa

    gustavo rocha, o tempo 9.7.2014
  • o eterno recomeçar artístico Download

    o eterno recomeçar artístico

    gutavo rocha, o tempo 9.7.2014
  • exposição do mamam faz panorama na obra de angelo venosa Download

    exposição do mamam faz panorama na obra de angelo venosa

    eugênia bezerra, jornal do commercio 10.1.2014
  • escultor angelo venosa exibe sua fauna fantástica em sp Download

    escultor angelo venosa exibe sua fauna fantástica em sp

    silas martí, folha de s. paulo 6.6.2013
  • Download

    "o melhor está no meio do caminho", diz angelo venosa

    livia deodato, veja são paulo 26.4.2013
  • exposição na pinacoteca reúne obras do artista plástico angelo venosa Download

    exposição na pinacoteca reúne obras do artista plástico angelo venosa

    g1 são paulo 13.4.2013
  • angelo venosa – esculturas por inversões Download

    angelo venosa – esculturas por inversões

    guilherme bueno, dasartes 10.8.2012
  • angelo venosa e a arte do fazer Download

    angelo venosa e a arte do fazer

    audrey furlaneto, o globo 25.7.2012
  • mam-rio | angelo venosa Download

    mam-rio | angelo venosa

    prêmio pipa 24.7.2012

Vídeo