28.9 - 28.11.2018

3rd beijing photo biennial - confusing public and private

central academy of fine arts (CAFA Art Museum), beijing, china

Como uma nova forma de tecnologia, meio e aplicação, a fotografia tem sido associada a questões relativas ao público versus o privado desde o dia em que foi inventada. Desde as práticas inerentemente privadas de filmagem e visualização em espaços públicos nos primórdios da fotografia até a democratização da imagem no mundo atual de telefones com câmera, web móvel e mídias sociais, e a constante evolução da visualização de dados na arte contemporânea, a fotografia tornou-se um meio importante que se estende, interfere, participa e ajuda a construir vidas públicas e privadas em um grau cada vez maior. Eventualmente, com a interferência em larga escala da fotografia, espaços públicos e privados são reconstruídos, assim como as fronteiras entre o indivíduo e a comunidade e as definições do eu e dos outros. Durante essas metamorfoses, a fotografia se entrelaça e ressoa de novas maneiras com uma variedade de fatores importantes, como história, realidade, religião, filosofia, civilização, guerra, ciência e tecnologia, política e emoções humanas. Como meio ou ponte entre mundos diferentes, seu desempenho se desdobra tanto na esfera pública quanto na esfera privada. A exposição gira em torno da complexa coexistência das características sociais, públicas e privadas da fotografia - um campo amplo e multidisciplinar - e explora seu papel e significado na tensão entre o público e o privado.

 

Clique aqui para saber mais.