daniel senise
biografo lxxxi, 2016
medium acrílico e residuos sobre tecido sobre aluminio
125 x 200 cm
+

Daniel Senise (n. 1955, Rio de Janeiro, Brasil), vive e trabalha no Rio de Janeiro. Formou-se em Engenharia Civil em 1980 pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e estudou Arte na Escola de Artes Visuais do Parque Lage (EAV) de 1981 a 1983. Entre 1985 e 1996, lecionou pintura na EAV. Em sua prática atual, destaca o equilíbrio e peso do espaço, em pinturas que retratam a presença e a ausência de objetos cotidianos. Com frequência, suas telas incorporam as texturas do solo, pó de ferro, objetos de chumbo e tecido. Alguns de seus trabalhos apresentam superfícies densamente trabalhadas; outros, camadas muito finas de tinta. Em Musée D’Orsay (2014), Senise usa tinta acrílica e resíduos sobre uma tela colada a uma peça de alumínio para reconstruir a galeria do museu de Paris em tons de branco e bege. Embora o espectador não consiga identificar as pinturas no espaço, o componente arquitetônico do estilo cubo branco de exposição artística surge como forma de manipular o espaço e sua interação com a arte. Daniel Senise participou de diversas bienais, incluindo as edições de 1985, 1989, 1998 e 2010 da Bienal de São Paulo, a Bienal de Havana em 1986 e a Bienal de Veneza em 1990.