not vital
700 snowballs, 2015
700 peças de vidro soprado
dimensões variáveis
+

Not Vital (n.1948) nasceu na aldeia de Sent, no vale alpino de Engadin (Suíça). Atualmente, ele vive e trabalha entre o Rio de Janeiro, Pequim e Sent. Vital estudou Arte em Paris e em Roma antes de mudar-se para Nova York em 1976. Desde 2000, sua prática se expandiu, passando a incluir construções, como casas, escolas, torres, pontes e túneis, e diluindo a fronteira entre arte e arquitetura. Essas construções são estruturas permanentes e muitas podem ser vistas no parque de esculturas de Vital em Sent ­ bem como na Bélgica, Brasil, Indonésia, Níger e Patagônia. Vital realizou exposições individuais recentes nas seguintes instituições: Museo d'Arte di Mendrisio, em Mendrisio (2015), Musées d'Art et d'Histoire, em Genebra (2014); Isola di San Giorgio Maggiore, em Veneza (2013); Ullens Centre for Contemporary Art, em Pequim (2011); Museo Cantonale d'Arte di Lugano (2007); The Arts Club of Chicago (2006); e Kunsthalle Bielefeld (2005). Em 2001, o artista participou da 49ª Bienal de Veneza (com curadoria de Harald Szeeman). Seu trabalho está representado em coleções públicas no mundo todo, entre elas o Carnegie Institute, em Pittsburg; o Dallas Museum of Art, em Dallas; o Solomon R. Guggenheim Museum, em Nova York; o Kunstmuseum Bern, em Berna; o Kunsthalle Bielefeld, em Bielefeld; o Kunstmuseum Luzern, em Lucerna; o Musées d'Art et d'Histoire, em Genebra; o Museum of Fine Arts, em Boston; o Museum der Moderne, em Salzburgo; o Philadelphia Museum, na Philadelphia; The Museum of Modern Art, em Nova York; The Ashmolean Museum, em Oxford; The Brooklyn Museum, no Brooklyn; e o Toyota Municipal Museum of Art, em Aichi.