rené francisco  el agua que tienes que ver, 2012  metal, nanquim e tela  350 x Ø 200 cm
rené francisco  incendiarios, 2012  óleo sobre tela  30 x 50 cm
rené francisco  la ruta del amor promiscuo, 2012  metal, tubos de pasta de dente, pneus  dimensões variáveis
rené francisco  ven y dame una mano, 2012  lápis, tubos de creme dental, madeira e objetos  dimensões variáveis
rené francisco  ven y dame una mano, 2012  detalhe
rené francisco  fábrica de utopías 3, 2010  óleo sobre tela  250 x 180 cm
rené francisco  heaven, 2010  óleo sobre tela  150 x 400 cm
rené francisco  nuevos ricos, 2010  óleo sobre tela  220 x 200 cm
rené francisco  cubo cuba, 2009  óleo sobre tela  180 x 120 cm
rené francisco  agua cortada, 2005  tubos de pasta de dente e metal  dimensões variáveis
rené francisco  filigrana , 2003  óleo sobre tela  150 x 208 cm
rené francisco  las figuras y las sombras, 2001  acrílica e nanquim sobre papel  220 x 474 cm
rené francisco  in-cesto , 1999  nanquim sobre papel  150 x 130 cm
rené francisco
el agua que tienes que ver, 2012
metal, nanquim e tela
350 x Ø 200 cm

Conhecido por sua prática que investiga, de forma consistente, questões referentes à identidade nacional cubana e justiça social, René Francisco é amplamente reconhecido como um dos mais influentes artistas cubanos em atividade. Determinado a promover a interação entre estudantes e professores, criou a Galería DUPP, Desde una Pedagogia Pragmática em 1989.

 

Personalidade internacional e professor de longa data na Escuela Nacional de Arte and Instituto Superior de Arte, em Havana —tendo ensinado alguns dos mais famosos artistas da nação, como Los Carpinteros, Alexandre Arrechea e Wilfredo Prieto—, René Francisco desempenhou um papel importante na compreensão dos artistas cubanos de seu próprio contexto cultural e da articulação da cubanidade com o público de arte no mundo todo. Um influente ativista, artista e docente, René adota uma abordagem artística que sobrepuja o conceito de fragmentação ou diferença social, apresentando reflexões sobre a nacionalidade cubana na iminência de um novo e importante capítulo político para o país.

 

René Francisco nasceu em Holguín, Cuba, em 1960, e mora e trabalha em Havana. Foi ganhador de diversos prêmios internacionais, entre eles o Prêmio UNESCO (2000) e o Prêmio Nacional de Artes Plásticas de Cuba (2010), e suas obras foram apresentadas em exposições individuais e coletivas nos Estados Unidos, Américas Central e do Sul e Europa, bem como na Bienal de Veneza (1999 e 2007), na 26ª Bienal de São Paulo (2004), na 2ª Bienal de Salônica (2009) e na Bienal de Havana (1997 e 2000).